A prevalência dos sinais iridológicos que sugerem diabetes nos idosos: um estudo piloto

Léia Fortes Salles, Maria Júlia Paes da Silva, Celso Fernandes Battello

Resumo


A iridologia é um método observacional propedêutico complementar, que tem como principal objetivo detectar, precocemente, na íris sinais que sugerem predisposição para determinadas doenças e reduzir as chances do seu aparecimento. Este estudo-piloto teve por finalidade comparar a presença de sinais iridológicos que sugerem predisposição para diabetes em idosos com e sem a doença. Foi realizado na cidade de São Paulo, em um Centro de Saúde-Escola, nos dias 25 e 27 de Abril de 2007, com 30 pessoas. Entre os indivíduos com diabetes, 100% apresentaram os sinais; no grupo-controle 53,3% apresentaram os sinais e 46,7% não. O teste de Mann-Whitney demonstrou diferença estatisticamente significativa entre os dois grupos em relação à presença dos sinais iridológicos.


Palavras-chave


Diabetes Mellitus; Prevenção de doenças; Pesquisa em Enfermagem; Medicina Integrativa; Iridologia.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/cntc.v1e1201223-28

Cad. naturol. terap. complem. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, 2316-915X

Licença Creative Commons
O trabalho Cadernos de Naturologia e Terapias Complementares está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/CNTC.