Tratamento da fibromialgia por acupuntura baseado na diferenciação de padrões: Revisão sistemática

Pedro Couto Oliveira, Maria Cristina Salimena Silva, Maria Cristina Salimena Silva, Arthur de Sá Ferreira

Resumo


A falta de diferenciação dos padrões para o tratamento por acupuntura dos pacientes com fibromialgia nos estudos clínicos pode comprometer a indicação dos acupontos pela relação limitada e subjetiva entre a fisiopatologia ocidental e da medicina chinesa. Este estudo objetiva identificar se os estudos clínicos que não têm utilizado a diferenciação de padrões para prescrição dos acupontos para pacientes com fibromialgia apresentam resultados favoráveis no controle da dor. Foi conduzida uma revisão sistemática com análise qualitativa dos estudos clínicos com acupuntura em pacientes com fibromialgia na base PubMed com as palavras-chave: “fibromialgia” (fibromyalgia) e “acupuntura” (acupuncture). Foram encontrados 16 artigos, dos quais foram incluídos 4 estudos randomizados controlados. Três estudos relataram os acupontos utilizados, mas nenhum deles elaborou o tratamento segundo o padrão identificado com os Quatro Métodos de exame. Verificam-se resultados favoráveis na utilização da acupuntura para alívio da dor mesmo na ausência da diferenciação de padrões. Entretanto, a pequena quantidade de estudos limita a generalização dessa observação. Estudos controlados randomizados de alta qualidade metodológica utilizando a diferenciação de padrões como um dos fatores de análise são necessários para estabelecer a utilidade deste procedimento diagnóstico na escolha dos acupontos para tratamento dos pacientes com fibromialgia.

Palavras-chave


Fibromialgia; Acupuntura; Reabilitação.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/cntc.v2e3201339-47

Cad. naturol. terap. complem. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, 2316-915X

Licença Creative Commons
O trabalho Cadernos de Naturologia e Terapias Complementares está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/CNTC.