Medicina tradicional chinesa para tratamento de obesidade

Júlia de Cássia Oliveira, Fabrício Borges de Faria

Resumo


Introdução: Atualmente, a obesidade é um dos mais graves pro¬blemas de saúde pública. O manejo da obesidade pode envolver tratamento dietético, farmacológico, cirúrgico, terapia cognitivo¬-comportamental e tratamentos heterodoxos. A Medicina Tradicio¬nal Chinesa (MTC) faz parte da medicina alternativa e inclui, dentre outras intervenções, massagem, exercícios e acupuntura. Objetivo: Caracterizar as intervenções da MTC em obesidade e observar os desfechos terapêuticos encontrados. Materiais e métodos: Foi reali¬zada uma revisão de artigos sobre o uso da MTC para o tratamento de obesidade nas bases de dados SciELO, BIREME e PubMed. Re¬sultados: As terapêuticas mais frequentemente empregadas foram a acupuntura, a auriculoterapia e a eletroacupuntura. O tratamento com acupuntura deve revigorar o Baço e o Estômago, minimizar se¬creção para reduzir os lipídios, aliviar o Fígado, regular os Pulmões e encher a essência do Rim. Houve vários estudos que compararam a redução de peso corporal, circunferência abdominal e índice de mas¬sa corporal quanto às diferentes abordagens da MTC. Considerações finais: As pesquisas apresentaram resultados pouco divergentes, sen¬do que a maior parte comprovou o benefício destas terapêuticas, com valores estatisticamente significativos. 


Palavras-chave


Obesidade; Medicina Tradicional Chinesa; Terapia por Acupuntura

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/cntc.v4e7201529-36

Cad. naturol. terap. complem. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, 2316-915X

Licença Creative Commons
O trabalho Cadernos de Naturologia e Terapias Complementares está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/CNTC.