Contribuições da meditação para a qualidade de vida de adolescentes

Alan da da Silva Menezes de Assis, Caio Fabio Schlechta Portella, Vivian Angélica dos Santos Malva

Resumo


Introdução: Na adolescência, distúrbios como ansiedade e depressão são frequentes, relativizando a qualidade de vida. A meditação é des¬crita como processo que desenvolve a autorregulação da atenção e dos processos atencionais. Objetivo: Verificar benefícios da meditação na qualidade de vida dos adolescentes, avaliar sua adesão à prática, o ní¬vel de atenção plena segundo o Questionário das Cinco Facetas de Mindfulness (FFMQ-br) e avaliar mudanças qualitativas através de depoimentos. Método: Estudo piloto não experimental, tipo pré e pós-teste, abordagem qualitativa e quantitativa. Foram orientados jo-vens entre 15 a 22 anos a meditarem 20 minutos diariamente durante 8 semanas e comparecerem a encontros semanais. Preencherem os questionários WHOQOL-breve, FFMQ-br, Kidscreen-52 e Escala de Resiliência de Wagnild e Young, sendo submetidos ao teste estatístico de Wilcoxon. Os depoimentos foram submetidos a análise de conteú¬do de Bardin. Resultados: Apresentaram melhora significativa nos componentes geral, físico e relações sociais do WHOQOL-breve e nas facetas geral, descrição e agir com consciência do FFMQ-br. Os relatos resultaram em 4 categorias: Desenvolvimento da Auto Percepção; Al¬terações do Humor; Dificuldades referentes a prática e Avaliação da experiência. Considerações Finais: A prática meditativa mostrou-se benéfica para a qualidade de vida e o nível de atenção plena dos ado¬lescentes tanto de forma qualitativa quanto quantitativa. 


Palavras-chave


Meditação; Adolescência; Qualidade de Vida; Atenção Plena

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/cntc.v5e8201629-37

Cad. naturol. terap. complem. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, 2316-915X

Licença Creative Commons
O trabalho Cadernos de Naturologia e Terapias Complementares está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/CNTC.