A Medicina Rastafári e as possíveis relações com a Naturologia

Igor Azevedo Silva, Carolina Ruiz, Caio Fábio Schlechta Portella, Adriana Elias Magno da Silva

Resumo


O presente estudo tem como objetivo identificar a concepção de saúde e as práticas terapêuticas utilizadas pela medicina Rastafári e estabelecer uma possível relação com a Naturologia. Estudo de caráter descritivo e analítico de abordagem qualitativa, foi elaborado por meio de pesquisas em bases de dados científicos online e físicos e por levantamento de campo em que foram entrevistadas onze pessoas, sendo elas sacerdotes, profetas e praticantes da Cultura Rastafári no Brasil. A pesquisa possibilitou encontrar informações importantes sobre a Cultura Rastafári, sendo possível elucidar que, assim como a Naturologia, a cosmologia dessa cultura possui caráter multidimensional e complexo, traços esses característicos do paradigma vitalista em saúde e propõe que o olhar terapêutico seja integrativo. A análise dos dados de pesquisa sugere que a Medicina Rastafári pode ser entendida como uma linha terapêutica compatível com as práticas da Naturologia, por apresentar conceitos semelhantes e afinidades ao pensamento Naturológico, como a visão integrativa da saúde e o uso de recursos terapêuticos naturais.


Palavras-chave


Medicina Rastafari; Medicina Tradicional; Bush Doctors; Naturologia; Saúde Natural.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/cntc.v7e12201823-32

Cad. naturol. terap. complem. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, 2316-915X

Licença Creative Commons
O trabalho Cadernos de Naturologia e Terapias Complementares está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/CNTC.