ANÁLISE PRÁTICA DE IMPLEMENTAÇÃO DO ASTRO COMO FERRAMENTA PARA TREINAMENTO DE OPERADORES DA SUBESTAÇÃO CONTROLADORA BIGUAÇU DA ELETROSUL

Marcos Vinícius Gelain

Resumo


Este trabalho tem como tema e objetivo geral verificar as vantagens que podem ser obtidas com a implementação do software ASTRO (Ambiente Simulador para Treinamento de Operadores), no aperfeiçoamento técnico dos operadores lotados na CTBIG (Subestação Controladora Biguaçu) da Eletrosul. Embora tal ferramenta ainda esteja em processo de desenvolvimento, a mesma foi previamente disponibilizada pela empresa ao autor. Foi então alimentada toda a base de dados do software, permitindo que as primeiras simulações pudessem ser realizadas e seus aplicativos pudessem ser conhecidos. Posteriormente foi iniciada a criação de simulações de desligamentos de grande porte no sistema elétrico, onde as primeiras necessidades de melhorias já puderam ser observadas. A elaboração deste estudo, executada de forma mais criteriosa, visa gerar subsídios que possam servir de argumento para a efetiva implantação destas manutenções e melhorias. Para tanto, foi elaborado o cenário mais sombrio da rotina operacional, que é a necessidade da Recomposição Geral em virtude de um blackout, caracterizado pela falta de tensão no sistema. Desta forma, todas as qualidades e dificuldades notadas no software puderam ser repetidas à exaustão, fundamentando as conclusões que serão posteriormente aqui apresentadas.


Palavras-chave


ASTRO. Simulação. Treinamento. Operadores. Recomposição.

Texto completo:

PDF ()