O uso de vídeos como recurso pedagógico para o ensino de Física: uma experiência do programa Pibid no Instituto Federal Catarinense – Campus Concórdia

Fábio Muchenski, Gregory Beilner

Resumo


Atualmente existe uma grande dificuldade em manter a atenção dos alunos durante uma aula de Física. O celular e as redes sociais têm exercido forte influência no ritmo dos alunos de maneira geral, e não apenas nos adolescentes. Este trabalho buscou mostrar que o uso de vídeos obtidos da internet pode contribuir no processo de ensino e de aprendizagem de conceitos de Física. Os vídeos foram aplicados em duas turmas dos cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio em Agropecuária e Alimentos do IFC Catarinense – Campus Concórdia. Eles mostraram os problemas causados pelas tempestades no Brasil e, também, as formas de proteção e o que é mito ou verdade no que diz respeito às descargas atmosféricas. A atividade realizada com os vídeos se baseou na aplicação de questões discursivas. As mesmas questões foram entregues antes e depois das exposições dos vídeos. Ao longo da sessão audiovisual, os alunos eram submetidos a discussões sobre os temas relacionados aos conteúdos, principalmente da eletrostática. Um aluno bolsista do PIBID/Física, proveniente do curso de Física-Licenciatura do próprio Campus em que o trabalho foi realizado, acompanhou as turmas durante a exposição dos vídeos. Dentre alguns resultados, a atividade se mostrou proveitosa, pois verificamos que o uso de vídeos pode fazer com que os alunos se concentrem mais durante a aula.


Palavras-chave


Vídeos; Ensino de Física; Descarga atmosférica.

Texto completo:

PDF/A