Processos interacionais em escrita coletiva de texto por alunas da 1ª série (2º ano) do ensino fundamental: análise com base na teoria da relevância

Manuela Camila da Silva, Fábio José Rauen

Resumo


Com base na teoria da relevância, analisam-se, nesta pesquisa, os processos interacionais de alunas da 1ª série (2º ano) do Ensino Fundamental na escrita coletiva de texto. A pesquisa visou compreender como decisões de escrita são negociadas em grupo, pressupondo que essas decisões são guiadas pelo princípio cognitivo e pelo princípio comunicativo de relevância. A análise corroborou a pertinência dos níveis representacionais propostos por Sperber (1986), Wilson (1995) e Carston (1988) para descrever e explicar as negociações. Além disso, demonstrou que a equipe não conseguiu entrar em consenso sobre o tema do texto. Diante do esforço cognitivo desperdiçado na tarefa, acima dos respectivos ganhos cognitivos, a estratégia de gerar coletivamente um tema perde relevância. A equipe, então, elabora seis diferentes paráfrases muito próximas à estrutura linguística de um texto sobre o Natal, que foi sugerido por uma das alunas.

Palavras-chave


Teoria da Relevância; Produção textual; Escrita coletiva

Texto completo:

PDF