Por que adoecemos? Os desafios de uma aproximação entre religião e as ciências naturais perante a saúde.

Fábio L. Stern

Resumo


Este artigo apresenta algumas das formas comuns de se compreender a origem da doença através da razão religiosa discutindo os principais desafios de tais concepções frente a uma aproximação entre religião e lógica racional. Dividiram-se tais concepções em três categorias de etiologia mítica: a doença como fruto de causas naturais dentro do pensamento religioso, a doença como fruto de seres supremos e causas sobrenaturais, e a doença como fruto de causas psicossociais dentro do pensamento religioso.

Palavras-chave


Saúde; Doença; Ciência da Religião; Antropologia da Religião; Filosofia da Religião

Texto completo:

PDF