Poéticas da responsabilidade no audiovisual latino-americano (1990-2011)

Sebastião Guilherme Albano

Resumo


Os processos de produção, distribuição e exibição de filmes latino-americanos nos últimos 25 anos na região e a impossibilidade de se pensar uma teoria do cinema sem nos reportar a uma teoria do cinema como produção social resultaram na denominação poéticas da responsabilidade. A noção enseja dar conta das forças políticas e econômicas que permeiam os regimes estéticos do audiovisual a partir da implementação do Consenso de Washington, o programa neoliberal que orientou o formato social na América Latina nos anos 1990 e 2000. No plano da representação e da mimese, por exemplo, a circunstância significou uma redução do repertório retórico (figuras etc.) e parece haver acentuado a dependência simbólica de audiovisualidades hegemônicas.

Palavras-chave


Audiovisual; Poéticas da responsabilidade; Consenso de Washington; América Latina

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rcc.v7e22012327-343

R. crít. cult., Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1980-6493

Licença Creative Commons
Revista Crítica Cultural de http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/Critica_Cultural/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.