O romance como experiência cultural: o diálogo crítico de Lima Barreto

Carmem Lúcia Negreiros de Figueiredo

Resumo


O artigo apresenta o diálogo crítico do escritor Lima Barreto (1881-1922) com a singularidade do romance romântico brasileiro, cuja escrita incorpora dispositivos do folhetim, da estrutura jornalística e da informação para seduzir o leitor, iletrado. Recursos de mediação que transformam a experiência de linguagem e leitura, em experiência cultural, porque moldam valores e sensibilidades, constituem e deformam identidades e sedimentam o imaginário urbano-massivo.

Palavras-chave


Lima Barreto; Romance; Folhetim; Cultura

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rcc.v5e12010164-185

R. crít. cult., Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1980-6493

Licença Creative Commons
Revista Crítica Cultural de http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/Critica_Cultural/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.