Afetos à sarjeta: o entre-lugar do texto e da imagem

Alexandre Linck Vargas

Resumo


Uma teoria dos afetos à sarjeta. No intuito de apreender com algum rigor a qualidade-potência do afeto, este artigo propõe o estudo de caso da relação entre texto e imagem, sobretudo nas histórias em quadrinhos. Deste modo, procura-se dar suporte para as questões de identificação, saberes e lugares de acontecimento dos afetos no entremeio da palavra escrita e da imagem figurativa. Por essa razão será oferecida a noção de sarjeta, lugar de passagem de alguma coisa a outra, intervalo onde um acontecimento invisível pode ser visualizado. É pelo rosto do afeto impresso à sarjeta da relação texto-imagem que essa investigação partirá.

Palavras-chave


Afeto; Sarjeta; Quadrinhos

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rcc.v11e12016113-121

R. crít. cult., Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1980-6493

Licença Creative Commons
Revista Crítica Cultural de http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/Critica_Cultural/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.