v. 13, n. 1 (2018)

Edição completa

Ver ou baixar a edição completa PDF/A

Sumário

Dossiê: “1968. Uma anamnese” - Organização: Artur de Vargas Giorgi (UNISUL)

1968. Uma anamnese PDF/A
Artur de Vargas Giorgi 9-25
Ideias e ideais em tempo de descrença: o lugar da cultura PDF/A
Rui Vieira Nery 27-31
El color de la revolución. Sarduy, Robbe-Grillet y el mayo del ‘68 PDF/A
Silvana Santucci, Bruno Grossi 33-46
Poética da República de Curitiba, “laranja azeda”, “sabugo estéril”, “vergonha eterna”: Dalton Trevisan Meia-Oito PDF/A
Jorge H. Wolff 47-57
O Novo Espírito do Anticapitalismo PDF/A
Moysés Pinto Neto 59-69
Teorema ou a ciência da estranheza PDF/A
João Barreto da Fonseca, José Elenito Teixeira Morais 71-83
Os quadrinhos são outros, ou Como a HQ moderna se origina e diferencia no quadro histórico de 1968. PDF/A
Alexandre Linck Vargas 85-98
De 1968 a 2018, uma odisseia e a falta de espaço PDF/A
Demétrio Panarotto 99-106

Artigos

Fantasmas de la literatura argentina: una genealogía crítica del mal en la escritura PDF/A
Matías Moscardi 107-121

Dossiê: “Osman Lins” - Organização: Ana Luiza Britto de Andrade (UFSC) e Dilma Beatriz Juliano (UNISUL)

Osman Lins: um escritor, um nosso contemporâneo PDF/A
Dilma Beatriz Juliano 123-126
O olhar do técnico primitivo no ‘subterrâneo pulsante’ do gesto escritor PDF/A
Ana Luiza Andrade 127-139
Minas não é um retrato na parede. Impressões de Minas Gerais em Osman Lins PDF/A
Cristiano Moreira 141-160
As imagens do tempo em Avalovara PDF/A
Djulia Justen 161-172
O livro dentro do livro em Avalovara PDF/A
Leila Lampe, Ana Luiza Andrade 173-180
Um passado-presente em Rainha dos Cárceres da Grécia PDF/A
Marina dos Santos Ferreira 181-193