Expectativas e envolvimento no trabalho: estudo com profissionais terceirizados de uma organização pública catarinense

Rosangela Klumb, Simone Ghisi Feuerschütte

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar as expectativas e o envolvimento com o trabalho por parte de profissionais terceirizados que prestam serviços na área de informática de uma organização pública catarinense, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SC). A pesquisa constituiu-se como um estudo de caso exploratório, de natureza qualitativa. Em termos metodológicos foram pesquisados oito profissionais terceirizados, escolhidos por meio de amostragem não-probabilística, segundo critérios de acessibilidade. Para a coleta de dados fez-se uso de técnicas de observação participante e entrevistas com roteiro semi-estruturado e a análise do material empírico abrangeu etapas de descrição, categorização e interpretação dos dados qualitativos à luz dos fundamentos teóricos estudados e dos objetivos da pesquisa. Os resultados demonstraram a relação entre as expectativas dos profissionais terceirizados e o seu envolvimento com as atividades do trabalho, destacando-se a predominância do contrato psicológico do tipo relacional.


Palavras-chave


Profissionais terceirizados. Envolvimento no trabalho. Organização pública.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/reen.v5e32012233-258

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


R. eletr. estrat. neg.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1984-3372

Licença Creative Commons


REEN is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported .