Inovação em serviços: um estudo bibliométrico da produção científica no Portal Capes até setembro de 2013

Daniella Macedo Venâncio, Daniela Andrade, Gabriela Gonçalves Silveira Fiates

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar a produção científica sobre inovação em serviços, publicada até setembro de 2013, no Portal de Periódicos da Capes. Foram identificados e analisados os seguintes indicadores bibliométricos: (i) temas e setores pesquisados; (ii) metodologia utilizada; (iii) autores mais prolíficos; (iv) países com maior publicação; (v) universidades mais atuantes. Trata-se de uma pesquisa quantitativa, de natureza descritiva. A amostra compõe-se de 56 artigos. Concluiu-se que a partir de 2008 houve um aumento no interesse em compreender a inovação em serviços; 48% das pesquisas investigam estratégias de inovações tecnológicas e de marketing; 70% das pesquisas utilizam abordagem única de pesquisa, ou seja, qualitativa ou quantitativa; Sundob, Gallouj e Vargo são os mais referenciados nas pesquisas, sendo Ja Shen Chen o autor mais prolífico; os países que mais publicaram foram: Estados Unidos, Brasil e Taiwan; no que tange às Universidades, destaca-se a Yan Zen University, com 4 trabalhos publicados.

 


Palavras-chave


Inovação em Serviços; Inovação; Bibliométrico.

Texto completo:

PDF/A

Referências


ARAÚJO, C. A. A. Bibliometria: evolução histórica e questões atuais. Em Questão, v. 12, n. 1, 2007.

BARRAS, R. Towards a theory of innovation in services. Research Policy, v. 15, n. 4, p. 161-173, 1986.

CHENG, C. C.; KRUMWIEDE, D. The effects of market orientation and service innovation on service industry performance: An empirical study. Operations Management Research, v. 3, n. 3-4, p. 161-171, 2010.

CHENG, C. C.; KRUMWIEDE, D. The role of service innovation in the market orientation—new service performance linkage. Technovation, v. 32, n. 7, p. 487-497, 2012.

DRUCKER, P. F. A disciplina da inovação. Harvard Business Review, v. 82, n. 8, p. 80-85, 2004.

FITZSIMMONS, J., FITZSIMMONS, M. New Service Development—Creating Memorable Experiences. Sage Publications, Thousand Oaks, CA; 2000.

FITZSIMMONS, J., FITZSIMMONS, M. Administração de serviços: Operações, Estratégias e Tecnologia de Informação, 4 Ed.; Porto Alegre, Bookman, 2004.

GALLOUJ, F.; SANSON, K. Economia da inovação: um balanço dos debates recentes. In: BERNARDES, Roberto e ANDREASSI, Tales. Inovação em serviços intensivos em conhecimento. São Paulo: Saraiva, p. 03-27, 2007.

GALLOUJ, F.; SANSON, K. Innovation in services. Research policy, v. 26, n. 4, p. 537-556, 1997.

GARCIA, R.; CALANTONE, R. A critical look at technological innovation typology and innovativeness terminology: a literature review. Journal of product innovation management, v. 19, n. 2, p. 110-132, 2002.

HALLIDAY, S. V.; TROTT, P. Relational, interactive service innovation: building branding competence. Marketing Theory, v. 10, n. 2, p. 144-160, 2010.

HIPP, C. Service peculiarities and the specific role of technology in service innovation management. International journal of services technology and management, v. 9, n. 2, p. 154-173, 2008.

HOUAISS, A. Dicionário Houaiss eletrônico, versão 3.0. Rio de Janeiro: Instituto Antônio Houaiss e Editora Objetiva Ltda, 2009.

JIMÉNEZ-ZARCO, A. I.; MARTÍNEZ-RUIZ, M. P.; IZQUIERDO-YUSTA, A. Key service innovation drivers in the tourism sector: empirical evidence and managerial implications. Service Business, v. 5, n. 4, p. 339-360, 2011.

KLEMENT, C. F. F.; YU, A. S. O. Influências da tecnologia para a inovação em serviços. Revista de Administração da UFSM, v. 1, n. 1, 2008.

KOTLER, P. Marketing for nonprofit organizations. Prentice-Hall, 1982.

LEE, B. CY. The determinants of consumer attitude toward service innovation–the evidence of ETC system in Taiwan. Journal of Services Marketing, v. 26, n. 1, p. 9-19, 2012.

PASWAN, A.; D'SOUZA, D.; ZOLFAGHARIAN, M. A. Toward a contextually anchored service innovation typology. Decision Sciences, v. 40, n. 3, p. 513-540, 2009.

RESENDE JUNIOR, P. C.; GUIMARÃES, T. de A. Inovação em Serviços: o estado da arte e uma proposta de agenda de pesquisa. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, v. 14.

RICHARDSON, R. J.; DE SOUSA PERES, J. A. Pesquisa social: métodos e técnicas. Atlas, 1999.

RUBALCABA, L.; GALLEGO, J.; HIPP, C. Organizational innovation in small European firms: A multidimensional approach. International Small Business Journal, 2012.

SARKAR, S.; COSTA, A. IA. Dynamics of open innovation in the food industry. Trends in Food Science & Technology, v. 19, n. 11, p. 574-580, 2008.

SCHUMPETER, J. A. Teoria do Desenvolvimento Econômico: uma investigação sobre lucros, capital, crédito, juro e o ciclo econômico. São Paulo: Abril Cultural, 1982.

SUNDBO, J. Public-private networks and service innovation in knowledge intensive services: A report of European case studies. CSS, Center for Servicestudier, 2010.

SUNDBO, J. The organisation of innovation in services. Roskilde University Press, 1998.

SUNDBO, J. The strategic management of innovation. Edward Elgar Publishing, Incorporated, 2001.

SUNDBO, J; GALLOUJ, Faiz. Innovation in services in seven European countries. Report 99, v. 1, 1999.

SUNDBO, J; TOIVONEN, Marja (Ed.). User-based Innovation in Services. Edward Elgar Publishing, 2011.

TIDD, J.; BESSANT, J.; PAVITT, K. Managing innovation: integrating technological, managerial organizational change. New York, 2005.

TIDD, J.; BESSANT, J., Managing innovation: Integrating technological, market and organizational change. Fourth ed., Chichester: John Wiley and Sons, 2009.

UMASHANKAR, N.; SRINIVASAN, R.; HINDMAN, D. Developing customer service innovations for service employees: the effects of NSD characteristics on internal innovation magnitude. Journal of Service Research, v. 14, n. 2, p. 164-179, 2011.

VARGAS, E. R. de; ZAWISLAK, P. A. Inovação em serviços no paradigma da economia do aprendizado: a pertinência de uma dimensão espacial na abordagem dos sistemas de inovação. Revista de administração contemporânea, v. 10, n. 1, p. 139-159, 2006.

VARGO, S. L; LUSCH, R. F.;. Service-dominant logic: reactions, reflections and refinements. Marketing theory, v. 6, n. 3, p. 281-288, 2006.

ZANINELLI, T. Fatores de sucesso na inovação em serviços: um estudo qualitativo do desenvolvimento de complexos serviços no contexto colaborativo. Semina: Ciências Sociais e Humanas, v. 32, n. 2, p. 97-106, 2012.

ZEITHAML VA; BITNER MJ. Services marketing. New York: Irwin McGraw –Hill; 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.19177/reen.v7e12014p.137-157

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


R. eletr. estrat. neg.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1984-3372

Licença Creative Commons


REEN is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported .