Linguagem e pensamento: um enfoque filosófico sobre o planejamento estratégico chinês

Maurício Fernandes Pereira, Ricardo Reale, Marinho Isnard Ribeiro de Almeida

Resumo


O artigo busca fazer uma leitura daquilo que seria o planejamento estratégico segundo a lógica da ciência da administração chinsa de hoje, que mescla elementos tradicionais com a influência da administração científica. Assim, o artigo trata da linguagem ideogramática enquanto elemento influenciador na formação do pensamento e consequentemente do modeo de planejamento estratégico vigente. A linguagem de ideogramas não está baseada em fonemas, mas em imagens. Com isso, uma lógica diferente da ocidental é estabelecida, quando consideramos que linguagem e pensamento andam juntos. De fato, a linguagem ideogramática lida com contradições com que a lógica aristotélica não é capaz de lidar. O pensamento estratégico chinês é, nesse sentido, diferente do pensamento ocidental. O problema de pesquisa está embasado, também, na percepção de que as necessidades surgidas da análise ambiental, na disciplina Ecologia de Empresas, vão ao encontro das soluções propostas pelo pensamento chinês. Em última análise, este artigo é uma tentativa de mostrar que o pensamento tradicional chinês é uma resposta a uma pergunta contemporânea do ocidnte. Principalmente se considerarmos que a visão não reducionista da filosofia oriental completa o ponto de vista complexo da ecoloia que não procura excluir variáveis de seus objetos de estudo, mas incluí‐los. Finalmente, sugere‐se que as cadeias produtivas humanas podem se beneficiar de modelos adaptativos biológicos de especialização do trabalho e suasinter‐relações intrínsecas.

Palavras-chave


Planejamento estratégico; Pensamento chinês; Formulação estratégica

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/reen.v1e1200849-64

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


R. eletr. estrat. neg.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1984-3372

Licença Creative Commons


REEN is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported .