A concepção de estratégias em empresas empreendedoras

Mauro E. Carozzo Todaro, Kellen Kali de Oliveira

Resumo



O artigo tem como objetivo investigar o processo de formação estratégica em uma empresa de pequeno porte, que se enquadra no perfil de empreendedora, verificando, por conseguinte, a influência da personalidade empreendedora nesse processo e como tais estratégias são levadas à prática. O tema ganha relevância pelo alto índice de empreendedores e a elevada taxa de empreendimentos mal sucedidos no Brasil. Para tal, realizou‐se uma pesquisa descritiva de caráter qualitativo, com a adoção do método de estudo de caso. O objeto de estudo foi uma pequena empresa local, denominada MEMPS ‐ Montagem, Eletromecânica e Prestação de Serviços LTDA. Constatou‐se que, na empresa estudada, o processo de formação estratégica é feito de forma, tanto deliberada quanto emergente. Tal processo é concebido na mente do líder, por meio de inferências mais intuitivas, que analíticas. O processo está centrado no empreendedor fazendo com que o mesmo seja altamente informal, tanto na criação quanto na divulgação das estratégias. Em decorrência deste fato, verificou‐se uma crescente necessidade de formalização dos mecanismos de implantação e comunicação de tais estratégias, à medida que aumenta a divisão do trabalho e a quantidade de níveis hierárquicos.

Palavras-chave


Empreendedorismo; Estratégia; Gestão; Planejamento

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/reen.v1e12008123-137

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


R. eletr. estrat. neg.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1984-3372

Licença Creative Commons


REEN is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported .