AVALIAÇÃO DOCENTE COMO MECANISMO DE DESENVOLVIMENTO DA GESTÃO ACADÊMICA EM INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR PRIVADAS

Caroline Carneiro, Mauricio Andrade de Lima, Clarissa Carneiro Mussi, Carlos Rogério Montenegro de Lima, Graciella Martignago

Resumo


O estudo objetivou identificar a percepção de docentes e discentes sobre o processo de avaliação docente realizado em duas instituições de ensino superior privadas. Foram utilizados tanto dados primários, coletados por meio de questionários e entrevistas aplicados a docentes e discentes, quanto dados secundários, como documentos das instituições envolvidas. Os resultados indicam que, o processo de avaliação docente tende a ser estruturado, sugerindo o envolvimento dos atores que compreendem os objetivos da avaliação. Constatou-se que a avaliação docente pode constituir-se em um instrumento relevante para a melhoria do processo da gestão acadêmica.

 


Palavras-chave


Ensino Superior; IES; Gestão Acadêmica; Avaliação Docente.

Texto completo:

PDF/A

Referências


BEUREN, I. M. Como Elaborar Trabalhos Monográficos em Contabilidade. 3ª Edição. São Paulo: Atlas, 2009.

BELLONI, I. A Função Social da Avaliação Institucional. In: DIAS SOBRINHO, José; RISTOFF, Dilvo I. Universidade desconstruída: avaliação institucional e resistência. Florianópolis: Insular, 2000.

BRASIL. Lei n. 10.861, de 14 de abril de 2004: Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e dá outras providências.

BROWN, W. O. Sources of funds and quality effects in higher education. Economics of Education Review 20 (2001) 289–295. Accepted 21 January 2001.

CARNEIRO, B. P. B.; NOVAES, I. L. As comissões próprias de avaliação frente ao processo de regulação do ensino superior privado. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas), v. 13, n. 3, p. 713-732, 11 2008.

CASTANHEIRA, A. M. P.; CERONI, M. R. Formação docente e nova visão da avaliação educacional. Estudos em Avaliação Educacional, v.19, n.39, p.115-131, jan./abr. 2008.

CASTLE, S.; FOX, R. K.; SOUDER, K. O'H. Do Professional Development Schools (PDSs) make a difference?: A comparative study of PDS and non-PDS teacher candidates. Journal of Teacher Education, Vol. 57, No. 1, January/February 2006 65-80.

CONAES. Diretrizes para a avaliação das instituições de educação superior. Brasília: INEP, 2004. Disponível em: http://www.est.edu.br/downloads/pdfs/legislacao_cpa_17655.pdf. Acesso; Set/2015.

DAY, C.; ELLIOT, B.; KINGTON, A. Reform, standards and teacher identity: Challenges of sustaining commitment. Teaching and Teacher Education 21 (2005) 563–577.

DEMO, P. Desafios modernos da educação. 13. ed. Petrópolis: Vozes, 2004.

DONALDSON, B.; RUNCIMAN, F. Service quality in further education: an insight into management perceptions of service quality and those of the actual service provider. Journal of Marketing Management, v.11, n.1-3, .p. 243-250, 1995.

EYNG, A. M. Avaliação e identidade institucional: construindo uma cultura de antecipação. Revista Diálogo Educacional. Curitiba: Champagnat, v. 4, n.11, p. 33-42, jan. /abr. 2004.

FERREIRA, A. Autoavaliação Institucional: a realidade da CPA na prática do SINAES. 2013. 109 f. Dissertação (Mestrado) – Curso de Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido, Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA), Universidade Federal do Pará, Belém, 2013.

FRANCO, E. Marketing educacional. In: Seminário Gestão de IES: da teoria à prática - Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular -Funadesp, 2000, Brasília. Anais... Brasília, 2000.

FREITAS, A. L. P; RODRIGUES, S. G. A estruturação do processo de auto-avaliação de IES: uma contribuição para a gestão educacional. XXIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção - Ouro Preto, MG, Brasil, 21 a 24 de out de 2003.

GIBBS, G., COFFEY, M. The impact of training of university teachers on their teaching skills, their approach to teaching and the approach to learning of their students. Active Learning in Higher Education 1, Mar 2004.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4.ed São Paulo: Atlas, 2007.

HENDERSON, C.; TURPEN, C.; DANCY, M.; CHAPMAN, T. Assessment of teaching effectiveness: Lack of alignment between instructors, institutions, and research recommendations. Physical Review Tópicos Especiais. 19, February, 2014.

HUANG, Y.-C., LIN, S.-H. (2014). Assessment of Charisma as a Factor in Effective Teaching. Educational Technology & Society, 17 (2), 284–295, 4 June, 2013.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Censo da Educação Superior. Brasília, DF, 2013. Disponível em: http://inep.gov.br, acesso em: 26 jan. 2015.

LACERDA, R.T.O.; ENSSLIN, L.; ENSSLIN, S. R.; Research opportunities in strategic management field: a performance measurement approach; Int. Journal Business Performance Management, Vol. 15, No. 2, pp. 158-174, 2014.

LEAL, Maria Gloria. Currículo baseado em competências: uma proposta para os cursos de graduação em Engenharia”. In: WORLD CONGRESS ON ENGINEERING AND TECHNOLOGY EDUCATION, 1, 2004, Guarujá, SP. Anais eletrônicos. Guarujá, SP: [s. n.], 2004.

LUCKESI, C.C. Avaliação da aprendizagem escolar: estudos e proposições. 14. ed. São Paulo: Cortez, 2002.

MARINHO, A.; SANTOS, P. M. dos. FARIAS, G. O. Competências e formação profissional: reflexões sobre um projeto de ensino. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, v. 20, n. 3, p. 46-54, 2012.

MEC/INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. Censo da Educação Superior, 2014: Resumo técnico. Brasília, 2014. Acesso: Set/2015. Disponível: http://portal.inep.gov.br/web/censo-da-educacao-superior/resumos-tecnicos

MEC. Educação Superior: Indicadores de instituições e cursos. Acesso em Set. 2015. Disponível em http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=17246.

MINAYO, M. C. S. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 1993.

MINAYO, M. C. S. O Desafio do Conhecimento: Pesquisa Qualitativa em Saúde. 10. ed. São Paulo: HUCITEC, 2007. 406 p.

PAGE, D. Recruitment and Transition of Construction Lecturers in Further Education: The Perspective of Middle Managers. Educational Management Administration & Leadership 2013 41: 819, originally published online 11, July 2013.

PARPALA, A.; YLÄNNE, L. S. University Teachers’ Conceptions Of Good Teaching In The Units Of High-Quality Education. Studies in Educational Evaluation 33 (2007) 355–370.

RASHEED, M. I.; ASLAM, H. D.; YOUSAF, S.; NOOR, A. A critical analysis of performance appraisal system for teachers in public sector universities of Pakistan: A case study of the Islamia University of Bahawalpur (IUB). African Journal of Business Management Vol. 5(9), pp. 3735-3744, 4 May, 2011.

REID, I. C. Reflections on using the Internet for the evaluation of course delivery. University of South Australia, Underdale Campus, Holbrooks Road, Underdale 5032, South Australia, Australia. Accepted 27 July 2001.

RODRIGUES, C. M. C. Proposta de Avaliação Integrada ao Planejamento Anual: um modelo para as UCGs. Tese de doutorado. UFRGS. Porto Alegre, 2003.

RUEDA B.M.. La Evaluación del Desempeño Docente en la Universidad. The Evaluation of Teacher Perfomance at the University. Revista electrónica de investigación educativa.Publicado en 22 de octubre de 2008.

RYHAMMAR, L.; ANDERSSON, A. L. Relations between university teachers' assessed degree of creativity and productivity and views regarding their organization. Journal of Creative Behavior. Vol. 35 Number 3 Third Quarter 2001.

SCHLICKMANN, R.; MELO, P. A. de; ALPERSTEDT, G. D.. Enfoques da teoria institucional nos modelos de avaliação institucional brasileiros. Avaliação (Campinas), Sorocaba, v. 13, n. 1, Mar. 2008.

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR (SINAES). Bases para uma nova proposta de avaliação da educação superior. Brasília, DF: Comissão Especial de Avaliação, 2003.

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR. Da concepção à regulamentação. 4. ed. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2007.

SOBRINHO, J. D. Avaliação: políticas educacionais e reformas da educação superior. São Paulo: Cortez, 2003.

SOBRINHO, J. D. Avaliação e Transformações da Educação Superior Brasileira (1995-2009): Do Provão ao Sinaes. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v.15, n. 1, p. 195-224, mar. 2010.

SCHWARTZMAN, J.; SCHWARTZMAN, S.. O ensino superior privado como setor econômico. In: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v. 10, n. 37, out./dez, 2002.

STALLIVIERI, L. "O sistema de ensino superior do Brasil: características, tendências e perspectivas." Educación superior en América Latina y el Caribe: Sus estudiantes hoy (2007): 79-100.

STEWART, M. Making sense of a teaching programme for university academics: Exploring the longer-term effects. Teaching and Teacher Education, 38 (2014) 89 e 98.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

TEJEDOR T.F.J.; MELIÁ, J. M. J.. University Teacher's Evaluation in Spain. Revista electrónica de investigación educativa. Publicado em 15 de octubre de 2008.

UNESCO. Relatório sintético sobre as tendências e desenvolvimentos na educação superior desde a Conferência Mundial sobre a Educação Superior (1998 – 2003). In: Educação superior: reforma, mudança e internacionalização. Anais, Brasília: UNESCO Brasil; SESu, 2003.

VILLAS BOAS, B. M. de F. Portfólio, avaliação e trabalho pedagógico. Campinas, SP: Papirus, 2004.

ZAINKO, M. A. S. Avaliação da educação superior no Brasil: processo de construção histórica. Avaliação (Campinas), Sorocaba, v. 13, n. 3, Nov. 2008.

WEBER, S. Antecipações do debate internacional no Projeto de Lei da Reforma da Educação Superior – Texto apresentado na Mesa-Redonda “Globalização e Políticas de Educação Superior”. In: Congresso Internacional da AFIRSE, V Colóquio Nacional. João Pessoa, 2009.

WORTHEN, B.R., SANDERS, J.R. e FITZPATRICK, J. L. Avaliação de programas: concepções práticas. São Paulo: Edusp, 2004.




DOI: http://dx.doi.org/10.19177/reen.v11e32018200-233

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


R. eletr. estrat. neg.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1984-3372

Licença Creative Commons


REEN is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported .