Proposta de indicadores para um observatório de empreendedorismo no Brasil

Marcia Regina Santiago Scarpin, Aleksander Roncon, Rion Brattig Correia, Marianne Hoeltgebaum

Resumo


Este estudo tem por objetivo levantar indicadores que auxiliem na criação e desenvolvimento de um observatório do empreendedorismo no Brasil. Esta pesquisa é considerada um ensaio teórico, com abordagem qualitativa e análise documental. Com base nos estudos de Vesper (1977), foram levantados 10 (dez) indicadores, agrupados em quatro grandes áreas. No grupo G1 – Educação, levantaram-se seis indicadores: 1) pessoas com ensino fundamental; 2) cursos de graduação em universidades federais e estaduais com a disciplina de Empreendedorismo em sua matriz curricular; 3) cursos de pós-graduação stricto sensu em Administração com a disciplina de Empreendedorismo em sua matriz curricular; 4) eventos em empreendedorismo; 5) artigos publicados com tema “empreendedorismo”; e, 6) teses/dissertações divulgadas com o tema “empreendedorismo”. No grupo G2 – Desenvolvimento Econômico, foram relacionados os indicadores: 7) incubadoras instaladas; 8) empreendedorismo social; 9) capacitação e crédito para empreendedores pelo governo federal; e 10) taxa de desocupação. No grupo G3 – Micro e Pequenas Empresas, foram selecionados indicadores constantes no relatório do SEBRAE (2011). E, finalmente, no grupo G4 – Empreendedor, foram classificados e agrupados indicadores do relatório GEM (2009).

 


Palavras-chave


Empreendedorismo. Observatório. Indicadores.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/reen.v5e3201290-121

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


R. eletr. estrat. neg.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1984-3372

Licença Creative Commons


REEN is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported .