A influência da instituição na internacionalização das vinícolas no Brasil

Cyntia Vilasboas Calixto, Jefferson Marlon Monticelli, Ivan Lapuente Garrido, Silvio Luis de Vasconcellos

Resumo


O aumento da competição internacional no mercado de vinhos do Brasil levou as vinícolas brasileiras a questionar sua estratégia e a buscar o mercado externo como alternativa para manter sua competitividade. Este artigo visou a compreender a influência das instituições no processo de internacionalização das vinícolas da Serra Gaúcha. Para tanto, realizou-se um estudo de caso com aplicação de entrevistas semiestruturadas junto aos representantes do Projeto Wines of Brasil e quatro vinícolas associadas ao projeto, além de pesquisa documental. O Projeto Setorial Integrado Wines of Brasil surgiu de uma iniciativa do Instituto Brasileiro do Vinho (IBRAVIN) e da Agência de Promoção à Exportação (APEX) na busca da promoção do vinho brasileiro no exterior. Toda a estrutura institucional desenvolvida propiciou o fomento da internacionalização das vinícolas da região, implicando um maior reconhecimento dos vinhos nacionais, não só no exterior, mas também no Brasil, por meio do aumento do volume de exportações e do número de exportadores envolvidos no negócio. Ao analisar as teorias de internacionalização baseadas nas abordagens comportamental e econômica-racional, percebeu-se que nenhuma era capaz de explicar completamente a ação desenvolvida pelas vinícolas com vistas ao mercado externo, necessitando ampliar o escopo de análise. Todavia, constatou-se a relevância do ambiente institucional em nível nacional para alavancar o processo de internacionalização das vinícolas que aderiram ao projeto, mesmo que estejam presentes limitações nos domínios normativo e regulatório em que os agentes estão inseridos.


Palavras-chave


Internacionalização de empresas. Wines of Brasil. Visão baseada nas instituições.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/reen.v5e220123-27

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


R. eletr. estrat. neg.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1984-3372

Licença Creative Commons


REEN is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported .