DIFERENTES MATERIAIS ASSOCIADOS A SISTEMAS ADESIVOS: AVALIAÇÃO DO EFEITO ANTIMICROBIANO

Camila Nakao Nonato, Flávia Alessandra Franco Muñoz, Patricia Aleixo dos Santos Domingos, Hérica Adad Ricci Donato, Welingtom Dinelli

Abstract


Diante das limitações encontradas para a correta adesão em dentina, a formulação de sistemas adesivos com melhores propriedades físicas, mecânicas e biológicas em função do tempo vem sendo desenvolvidas com a adição de partículas inorgânicas capazes de reduzir o desgaste, promover maior estabilidade hidrolítica, reduzir a contração de polimerização, a degradação da camada adesiva e promover atividade antimicrobiana no substrato dentinário. O objetivo desse trabalho de revisão de literatura foi estudar a atuação de diferentes materiais associados a sistemas adesivos em relação ao efeito antimicrobiano. Para a realização do trabalho foi efetuada uma pesquisa bibliográfica por meio das seguintes bases de dados: Scielo, Pubmed, Medline, Lilacs, B-on, Livros, Revistas e Periódicos Capes, e dentre os trabalhos levantados, foram selecionados 55 deles. Para impedir a colonização de bactérias em fendas formadas por contração de polimerização da resina e degradação da interface, agentes antimicrobianos têm sido incorporados nos sistemas adesivos, dentre eles: clorexidina, com efeito duradouro e prolongado na liberação do agente antimicrobiano; biovidro 45S5, incorporado para prevenção de cáries e com alta resistência à corrosão e compressão e o monômero MDPB, com efeito antibacteriano de largo espectro e que não interfere no processo de adesão ao esmalte e dentina. Após o levantamento realizado, concluiu-se que seria muito importante acrescentar partículas que possam ter a capacidade de fornecer aos materiais, propriedades antimicrobianas, ajudando no desenvolvimento de sistemas adesivos terapêuticos, inovadores e inteligentes e que interferissem o mínimo nas propriedades mecânicas. Porém, vários estudos mostraram a propensão à aglomeração dessas partículas, o que compromete a efetividade adesiva e consequentemente, a falha da camada híbrida. Tal fato mostra a necessidade de mais estudos aplicados neste campo do conhecimento para aprimorar a composição dos sistemas adesivos e os tornarem materiais de excelência.


Keywords


Antibacterianos, Adesivos Dentários, Propriedades Químicas.



DOI: http://dx.doi.org/10.19177/jrd.v7e2201930-37

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Journal of Research in Dentistry, University of Southern of Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2317-5907

Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.