Reescrita, dialogismo e etnografia

Raquel Salek Fiad

Resumo


Com este texto, pretendo contribuir para as discussões sobre letramento acadêmico no contexto brasileiro, trazendo reflexões sobre a reescrita de textos, com base em uma perspectiva etnográfica e dialógica. Para isso, proponho uma articulação entre uma concepção dialógica da linguagem e uma perspectiva etnográfica de análise da escrita, possibilitando um acompanhamento longitudinal das escritas no contexto acadêmico através da análise dos textos e das interações em torno dos textos. Apoio-me no conceito de “história do texto” proposto por Lillis (2008) e ensaio uma análise de um texto bem como de comentários sobre esse texto produzidos por estudantes universitários brasileiros.

Palavras-chave


Reescrita; Dialogismo; História do texto; Etnografia

Texto completo:

PDF/A


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.