Problematizando o item lexical ‘beijo’: explicaturas e implicaturas em questão da provinha Brasil

Fábio José Rauen, Heloísa Pedroso de Moraes Feltes

Resumo


A Provinha Brasil é o instrumento do Ministério da Educação para avaliar o nível de alfabetização de estudantes brasileiros no 2º ano do Ensino Fundamental. Entre as habilidades medidas pelo teste, destaca-se a de “inferir informações a partir da leitura de textos”. Na segunda edição de 2009, aplicada no final do ano letivo, a vigésima questão deu conta deste descritor, utilizando-se de uma tira de Mauricio de Sousa. Rauen (2011), motivado pela dispersão nas respostas dadas à questão por dez alfabetizadoras na dissertação de Nazário (2010), analisou proposição e opções de resposta, concluindo que todas as alternativas eram plausíveis. Este artigo retoma aquele estudo, defendendo a tese de que o modo como ocorre o estreitamento do item lexical ‘beijo’ na compreensão da história em quadrinhos explica a dispersão das respostas e põe em xeque a alternativa considerada correta pelos propositores.

Palavras-chave


Pragmática Cognitiva; Teoria da Relevância; Provinha Brasil

Texto completo:

PDF/A


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.