A construção da dinâmica temporal no jornalismo: análise do emprego das formas verbais em sequências narrativas de reportagens

Gustavo Ximenes Cunha

Resumo


Este trabalho apresenta parte dos resultados da pesquisa desenvolvida em Cunha (2013), a fim de evidenciar como os jornalistas utilizam as formas verbais para construir a dinâmica temporal em sequências narrativas no interior de reportagens. Para proceder a um estudo adequado das formas verbais do português, a pesquisa buscou na proposta de Fiorin (2010, 2011) instrumentos de análise para estudar as regularidades e as especificidades das formas verbais utilizadas nas 53 sequências narrativas do corpus. A análise permitiu constatar a complexidade da maneira como os jornalistas usam as formas verbais para expressar a dinâmica temporal dos acontecimentos, bem como a profunda relação que se estabelece entre o emprego das formas verbais e o gênero do discurso.

Palavras-chave


Sequência narrativa; Forma verbal; Reportagem

Texto completo:

PDF/A


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.