Ampliando a noção de contexto na lingüística sistêmico-funcional e na análise crítica do discurso*

José Luiz Meurer

Resumo


Apesar de todos os avanços realizados por pesquisadores na Lingüística Sistêmico-Funcional (LSF) e na Análise Crítica do Discurso (ACD) na descrição da estreita relação entre a linguagem e o contexto social, verifica-se ainda a necessidade de teorizações mais amplas sobre essa questão. Neste artigo exploro aspectos da teoria da estruturação de Giddens como ferramentas para a análise de contexto em estudos do discurso. Concentrando-me em regras e recursos como propriedades estruturadoras da vida social, exemplifico como essas noções podem ser usadas para especificar elementos contextuais na SFL e ACD. Para isto, analiso aspectos de um texto de Chomsky, “Sobre os Bombardeios”, de 11 de setembro, 2001. Apresento também a noção de intercontextualidade para me referir a contextos que se entrecruzam com outros contextos. Minha preocupação central é tentar expandir os conhecimentos sobre a inter-relação entre linguagem e estruturação social.

Palavras-chave


Contexto social; Lingüística sistêmico-funcional; Análise crítica do discurso; Teoria da estruturação

Texto completo:

PDF


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.