O desenvolvimento de uma metaconsciência, no professor, acerca da importância de vivenciar a linguagem como prática social na sala de aula de língua inglesa por meio da pesquisa colaborativa

Luciane Kirchhof Ticks

Resumo


Neste artigo, discutimos o processo reflexivo vivenciado por duas professoras de inglês ao problematizarem suas ações em sala de aula. Destacamos particularmente o processo de reconfiguração de suas atividades pedagógicas que inicialmente focalizam estruturas lexicogramaticais isoladas e, no decorrer do processo reflexivo, são reconfiguradas em direção ao uso de gêneros textuais e à (des)construção dos contextos de situação e cultura nos quais esses textos são socialmente produzidos e vivenciados (MOTTA-ROTH, 2006). Essas reflexões foram desenvolvidas por meio de um processo de pesquisa colaborativo (MAGALHÃES, 2004). A análise do discurso dessas professoras indica que o processo reflexivo lhes permitiu desenvolver uma metaconsciência acerca de como a linguagem se organiza e se constitui ao mediar a atividade social.

Palavras-chave


Pesquisa colaborativa; Análise crítica do discurso; Linguagem como prática social

Texto completo:

PDF


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.