DESLIZANDO SENTIDOS: UMA ANÁLISE DAS INTERPRETAÇÕES DE LEITORES CHINESES PARA UMA PEÇA PUBLICITÁRIA VEICULADA NA MÍDIA IMPRESSA LATINO-AMERICANA

He Shan, Ricardo Moutinho

Resumo


Neste trabalho, investigamos os efeitos produzidos por sujeitos chineses a partir da leitura de uma peça publicitária da marca Colgate, divulgada na mídia impressa sul-americana, vencedora do Prêmio de Prata no Festival de Cannes de 2011. Segundo a perspectiva discursiva, consideramos o texto um conjunto de sentidos, ligado à sua exterioridade, isto é, o interdiscurso. Por isso, o texto não é uma unidade fechada em si, nem algo que tem um sentido evidente e pronto para ser capturado pelo sujeito-leitor. Assim, distintas leituras a partir de um mesmo texto são possíveis. Para sustentar esta hipótese, realizamos uma série de entrevistas com tópicos semiestruturados com quatro participantes e analisamos o corpus constituído por suas leituras relacionadas a essa peça, identificando as semelhanças e diferenças entre elas. Os resultados mostram que os participantes produziram leituras diversificadas, que os identificam não só como sujeitos pertencentes a uma cultura diferente daquela na qual a peça foi inicialmente divulgada, mas como sujeitos diferentes entre si, uma vez que a interpretação de um texto não é linear, mas marcada pelo complexo jogo interdiscursivo.

Palavras-chave


Leitura; Peça publicitária; Participantes chineses.

Texto completo:

PDF


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.