CASA DE FAMÍLIA E CASA DE PROSTITUIÇÃO: EMBATE DE SENTIDOS QUE DIVIDEM A CIDADE

Mirielly Ferraça

Resumo


Busco compreender como a palavra casa significa nos enunciados de sujeitos que moram e circulam pelo bairro Jardim Itatinga (Campinas-SP), conhecido por ser uma ‘zona de prostituição’. O corpus é constituído por entrevistas realizadas entre 2016 e 2017 com moradoras, moradores, trabalhadoras, trabalhadores e comerciantes do bairro. Ainda, recorto enunciados da notícia Prostitutas são atendidas pela Igreja Católica (Folha de São Paulo, 1981), e também, como um trajeto de memória para a palavra casa, principal ponto analítico deste trabalho, recorro a diferentes Dicionários de Língua Portuguesa. Esta pesquisa se inscreve na Semântica do Acontecimento, desenvolvida por Eduardo Guimarães (2005, 2007, 2009, 2010).


Palavras-chave


Semântica do Acontecimento; Entrevistas; Casa

Texto completo:

PDF


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.