Equidade e coesão social na perspectiva da educação e desenvolvimento científico e tecnológico

Nadia Hage Fialho, Maria Cristina Elyote Marques Santos, Maria Izabel Quadros Vivas

Resumo


Este artigo contempla uma reflexão a respeito da equidade e da coesão social na perspectiva da educação e do desenvolvimento científico e tecnológico. Trata-se de uma abordagem preliminar, um ensaio, em busca de fatores que, por alguma razão, parecem influenciar as relações entre esses termos e gerar implicações sobre o ambiente em que os mesmos se expressam (escola, sistemas de ensino, municípios, regiões). O artigo conta com quatro seções (Introdução; Equidade e Coesão Social: Educação e Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Conclusões), seguindo uma abordagem que, inicialmente, tratar de explicitar a variedade de significados atribuídos a essas categorias, seguindo-se reflexões acerca da natureza da relação que se estabelece entre educação e desenvolvimento, compreendida como de interdependência. A abordagem é ilustrada com referências a documentos e dados históricos do panorama passado e atual, no contexto da realidade brasileira. As análises sugerem que infraestrutura é o elemento potencialmente mais forte na relação entre educação e desenvolvimento, e indicam ser imprescindível considerar o meio técnico-cientifico como fator estruturante de ambos os campos: educação e desenvolvimento científico e tecnológico.

Palavras-chave


equidade; coesão social; educação; desenvolvimento científico e tecnológico.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v5e02012184-200

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED