UM BREVE HISTÓRICO DA ESCOLA UNITÁRIA EM MEIO AO CONFLITO LIBERAL: A ESCOLA DESINTERESSADA COMO DESAFIO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS NO BRASIL

Dr. Marcos Antonio Macedo Chagas (ISERJ/FTESM)

Resumo


No instante em que celebramos os dez anos da Lei 10.639/03 como avanço da relação ensino-aprendizagem no espaço escolar, privilegiando os elementos epistemológicos presentes na cultura Afro-Brasileira, entendemos que a complexidade dessas linhas devam se colocar para além da interioridade da sala de aula, demandando – no bojo das lutas populares – a conquista de uma escola unitária e desinteressada. Em meio à escola dual que se projetou no Brasil, teremos imensas dificuldades para transformar em práxis as conquistas legais de teor popular democrático. Este texto busca discutir os nexos históricos dessa escola unitária por-se-fazer, frente à necessidade dos povos excluídos do direito à Educação ante os interesses contrários do estado de cunho liberal.


Palavras-chave


Escola Unitária; Capitalismo; Escola Desinteressada; Educação Popular.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v7e11201340-65

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED