PROBLEMATIZANDO AS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: SERIAM O ACESSO À CULTURA E A HUMANIZAÇÃO DAS RELAÇÕES SOCIAIS ELEMENTOS CONSTITUTIVOS DE BOAS PRÁTICAS EDUCATIVAS?

Marcus Aurelio Taborda de Oliveira, Sérgio Roberto Chaves Junior, Sidmar Santos Meurer

Resumo


Este artigo apresenta reflexões subsidiadas pelas investigações realizadas em escolas públicas de Curitiba-PR, há pelo menos dez anos, e se inscreve no debate acadêmico acerca do fazer pedagógico da Educação Física no ambiente escolar. Pretende-se contribuir para a identificação das chamadas boas práticas educativas nas aulas de Educação Física, caracterizadas, sobremodo, pelo sentido formativo no acesso à cultura e na humanização das relações sociais. Busca-se compreender como estas práticas se constituem como resultado da interação dos múltiplos aspectos do trabalho pedagógico do professor e a experiência dos sujeitos envolvidos na sua concretização, notadamente educandos e educadores.


Palavras-chave


Educação física; boas práticas educativas; formação de professores.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v8e142014365-384

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED