MERLEAU-PONTY, LINGUAGEM E FENOMENOLOGIA NA EDUCAÇÃO FÍSICA

Filipe Ferreira Ghidetti, Felipe Quintão de Almeida, Valter Bracht

Resumo


O artigo trata de discutir uma aporia, na fenomenologia de Merleau-Ponty, que envolve os conceitos de percepção e linguagem em sua obra. Apresenta, com a ajuda de comentadores e do próprio filósofo, as reordenações por ele operadas para lidar com o problema, o que produziu revisões em seu pensamento. Conclui com possíveis implicações dessa questão na educação física brasileira.

 


Palavras-chave


Merleau-Ponty; Corpo; Linguagem; Educação Física.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v8e142014318-333

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED