REFLEXÃO COMPARTILHADA NA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS: RELATO DE EXPERIÊNCIA ENVOLVENDO RELAÇÕES CTS

Fernando Cesar Ferreira, Lenice Heloisa de Arruda Silva

Resumo


Ações de formação continuada de professores ainda necessitam de discussões, no que se refere às metodologias, conteúdos veiculados, vínculos dessas ações com o desenvolvimento profissional dos docentes e com o projeto da escola. Contudo, como instrumentalizar o professor para que ele construa uma postura permanentemente crítica? Refletir sobre possíveis respostas a essa questão constitui o propósito deste artigo. Para isso é apresentado um recorte, na forma de relato de experiência, de um curso de formação continuada oferecido por professores da UFGD para um grupo de quarenta e cinco professores de Ciências de escolas públicas de Dourados, MS. Durante o curso, procuramos evidenciar, através da reflexão compartilhada, como, no ensino de Ciências, processa-se a articulação entre os conteúdos e questões Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS). Neste relato de um dos encontros, os conteúdos discutidos são próximos ao ensino de Física: uso de cartões eletrônicos e magnéticos.


Palavras-chave


Formação continuada; Ensino de Ciências; Ensino Fundamental.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v10e02016169-181

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED