A MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO DE NORMALISTAS MINEIROS(AS): 1890 A 1930

Silvia de Castro de Barros, Maria Cristina Araújo de Oliveira

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar uma descrição da matemática presente na formação de normalistas mineiros (as) entre 1890 e 1930, identificada a partir das normativas oficiais para a Escola Normal, confrontando-a com as propostas práticas para o ensino de geometria na escola primária veiculadas na Revista do Ensino de Minas Gerais. Tomou-se como referência, em um primeiro nível de compreensão, o conhecimento da legislação relativa à formação desses professores no período a ser pesquisado, focalizando a presença da geometria como disciplina. A utilização das Revistas como fonte para a pesquisa levou a um segundo nível de compreensão, por meio do qual se materializam e se explicitam os motivos pelos quais a geometria integra a formação dos professores primários. As principais fontes utilizadas para a investigação foram legislação educacional do estado de Minas Gerais e a Revista do Ensino. 


Palavras-chave


Normalistas. Geometria. Revista do Ensino.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v10e182016431-443

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED