NARRATIVAS DOS PIBIDIANOS DE HISTÓRIA: PROCESSOS DE EMPODERAMENTO NO CONTEXTO ESCOLAR

Mariseti Cristina Soares Lunckes, Rosária Helena Ruiz Nakashima, Jéssica Alves de Sales

Resumo


Esta pesquisa-ação investigou as relações da Educação Básica com o Ensino Superior, no âmbito do Programa Institucional de Iniciação à Docência (Pibid) de História, em uma universidade federal do norte do Brasil. Buscou compreender os significados do Pibid nos processos de empoderamento e de aprimoramento da formação do licenciando (bolsista), do professor e de seus alunos da escola-campo. Os resultados evidenciaram que um dos mecanismos para o empoderamento dos sujeitos foi a criação de espaços para que todos esses atores pudessem se expressar com autoridade de fala. Os saberes do professor da escola-campo e do bolsista foram articulados na atuação do Pibid, almejando a produção de novos capitais cultural e pedagógico, aprimorados pela prática de quem já tem experiência em lidar com os desafios do contexto escolar e pela teoria de quem está em processo de formação, com vistas à inserção na docência.


Palavras-chave


Pibid. Formação de professores. Ensino de História.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v10e182016477-493

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED