AS MUDANÇAS NO ENSINO MÉDIO E SUA RELAÇÃO COM A INTERNACIONALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR BRASILEIRA

João dos Reis Silva Júnior, Natália Messina

Resumo


Este artigo busca analisar as reformas educacionais no Ensino Médio brasileiro, apontando internacionalmente que o trabalho do professor no século XXI é marcado pela massificação, administração por performance (accountability), privatização e comercialização. Após uma construção histórica sobre a reforma do Estado nacional, a ênfase é conferida às relações entre as mudanças no Ensino Médio e a internacionalização da Educação Superior. Portanto, um exame com mediações mais amplas revela que as possibilidades de lucro transformam o conhecimento em matéria-prima mercantil e produzem a convergência das reformas educacionais segundo a estrita racionalidade financeira.

 


Palavras-chave


Reforma educacional; Internacionalização da Educação Superior; Conhecimento matéria-prima; Novo paradigma de produção de conhecimento.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v10e172016130-147

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED