O COMPÊNDIO DE PEDAGOGIA PRÁTICA DE JOAQUIM JOSÉ DE ARAUJO: NOTAS INTRODUTÓRIAS SOBRE A FORMAÇÃO DOCENTE NO BRASIL IMPERIAL

Cintia Gomes da Silva, Roseane Maria de Amorim

Resumo


O presente trabalho objetivou analisar a formação na Escola Normal em Alagoas no período imperial. Procurou, também, apresentar algumas reflexões sobre a formação docente no Brasil por meio do Compêndio de pedagogia pratica de Joaquim José de Araujo. A realização do trabalho foi possível via operação metodológica que se baseia na leitura e análise de fontes primárias em consonância com as discussões sobre a história da profissão docente no Brasil. Compreende-se que o Compêndio de Joaquim José de Araujo tinha como tipo ideal a formação de professores regrados e obedientes à ordem social estabelecida pela elite brasileira. Somente pouco a pouco veio a surgir, em todo o país, uma formação mais crítica de professores e professoras.


Palavras-chave


Escola normal; Formação docente; Compêndio de pedagogia prática

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v11e202017414-432

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED