De tempos em tempos os tempos revelam-se: o idoso nos projetos pedagógicos

Maria Otília Borba de Azevedo, Juan José Mouriño Mosquera

Resumo


A vida não se encerra na velhice. Há espaço para outros sonhos e possibilidades para quem ousa desafiar o tempo. Esse roteiro do nascer ao morrer traz a tônica da complexidade humana. Se as escolas não aliarem o conhecimento aos valores necessários para uma sociedade mais humana ficam fadadas ao monólogo. Não será o desprezo pelas emoções o causador de tanto mal-estar na sociedade atual? A humanidade tanto tem privilegiado a razão em detrimento das emoções, porém, aumentou a fome, novas epidemias têm surgido, guerras, a violência nas escolas avança e o descaso das autoridades mata. Á medida que se indaga, vai-se desvendando esta ciência e fenômeno que é a vida e, descobrindo-se a importância da educação para apontar novos rumos à sociedade vigente, tão carente de compromisso moral e ético.

Palavras-chave


Educação; Idoso/Envelhecimento; projetos pedagógicos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v3e62010106-120

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED