CONCEPÇÕES DE DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, ARTE E EDUCAÇÃO ESTÉTICA DE UM GRUPO DE PESQUISA: PANORAMA DE UM PERCURSO DE INVESTIGAÇÕES

Adrianne Ogêda Ogêda Guedes, Michelle Dantas Ferreira

Resumo


Este ensaio foi realizado com o objetivo de propor um diálogo entre Arte e Educação. Abordando temas como a formação do professor da Educação Infantil e concepções de Educação Estética, fundamentado nas investigações que o grupo de pesquisa FRESTAS, ligado à Universidade Federal do Rio de Janeiro, construiu nos últimos quatros anos (2014 a 2017). O artigo apresenta os percursos traçados pelo grupo, dando destaque ao conceito de estética, mais especificamente de Educação Estética, que vem subsidiando e constituindo as experiências pessoais e profissionais que se integram como focos de estudo. Trata-se do exercício de lançar um olhar panorâmico para o caminho trilhado na investigação desses temas, elucidando o contorno que hoje ele assume: a compreensão da dimensão estética da Educação, que abarca a Arte e amplia seu alcance.


Palavras-chave


Educação Infantil; Educação Estética; Arte; Formação de Professores

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v12e212018216-234

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED