Formação continuada em educação especial: o atendimento educacional especializado

Fabiane Romano de Souza Bridi

Resumo


Este artigo se propõe a problematizar, mesmo que em caráter inicial, a configuração atual referente à formação continuada de professores no campo da educação especial. Procura-se relacionar a formação específica na área com a política de formação de professores existente no país. Destacamse as orientações presente na Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva (2008) e a proposição do serviço de Atendimento Educacional Especializado (AEE) no interior das escolas e das redes de ensino. Tal conjuntura tem produzido uma demanda por formação específica na área e esta tem se caracterizado por ser ofertada em serviço (continuada) e na modalidade a distância. Problematizam-se os efeitos desta formação e aponta-se a necessidade de pesquisas que possibilitem conhecer as implicações que tal proposta de formação tem provocado na configuração das práticas pedagógicas que visem os processos inclusivos de alunos no ensino comum.

Palavras-chave


Educação especial; Formação continuada; Atendimento educacional especializado

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v4e72011187-199

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED