Na infância todo corpo poético é concreto

Adriana Carolina Hipólito de Assis

Resumo


Toda arte é por princípio concreta, afirma Haroldo de Campos. Sobre esse princípio a literatura infantil se configura, à medida que a palavra opera analogamente à realidade sem realizar mediações de idéias ou conceitos: captando-a como um signo icônico. Acreditamos que uma das formas de se apreender o fenômeno literário na infância é pela compreensão desse corpo concreto. O legado dos poetas concretos, assim como das poéticas ideogramáticas, constitui métodos aplicáveis para se compreender a literatura na infância. Com ele a criança aprende a forma poética sem estabelecer associações lineares com a palavra, as quais se valem, na maioria das vezes, pela temática do objeto artístico, pela moral e pelos valores que delineiam o comportamento social da criança e não pelo jogo imanente da palavra.

Palavras-chave


Literatura infantil; Corpo poético; Ideograma

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v4e72011173-186

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED