Notas sobre filosofia da educação e filosofia da história em Kant

Rejane Schaefer Kalsing

Resumo


Sobre a pedagogia, mais conhecida obra do filósofo Immanuel Kant sobre o tema educação, é muitas vezes considerada uma obra do suposto período de senilidade do filósofo, por ter sido publicada um ano antes de sua morte, em 1803. Porém, percebem‐se nela certas idéias que ocorrem também em sua filosofia da história, como, por exemplo, Ideia de uma história universal de um ponto de vista cosmopolita e Início conjectural da história humana. Essas idéias são, entre outras, a evolução do ser humano da animalidade à humanidade; o fato de o ser humano não poder utilizar somente o instinto, necessitando extrair de si mesmo determinadas qualidades, através do exercício de sua razão; a ideia de uma determinação da humanidade ou de um fim mais alto da humanidade, que é a determinação moral. O objetivo do presente artigo é tratar das possíveis relações entre essas três obras.

Palavras-chave


Educação; Filosofia da história; Instinto x razão

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v1e22008164-175

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED