ENTRELAÇAMENTOS DOS PRINCÍPIOS DA AMBIENTALIZAÇÃO CURRICULAR E DA PEDAGOGIA SOCIAL NO PROCESSO FORMATIVO NA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Junior Cesar Mota, Dione Iara Silveira Kitzmann, Pablo Ángel Meira Cartea

Resumo


Pensar o processo de Ambientalização Curricular do ensino nas Universidades tem se caracterizado um desafio, diante da liquidez dos tempos atuais e da fragilidade das relações humanas. Esta lacuna, fruto da dualidade moderna do processo educacional, necessita ser compreendida para que, então, seja possível integrar a Educação Ambiental como eixo transversal na construção de uma ética ecocidadã. Tendo ciência desse desafio, este artigo objetiva proporcionar reflexões primárias acerca dos entrelaçamentos entre os Princípios da Ambientalização Curricular e das contribuições da Pedagogia Social no processo formativo na Educação Superior. Com ponto de partida na Sensibilização e caminhando à Ecocidadania, é evidente que a educação social é um dos fatores basilares para potencializar a ambientalização do ensino universitário na busca de formações de indivíduos reflexivos e atuantes em prol da transformação de si e das outridades.


Palavras-chave


Educação superior. Pedagogia social. Princípios da ambientalização curricular.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v13e23201917-33

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED