A origem do estado: uma visão a partir dos contratualistas –absolutista (Thomas Hobbes), liberal (John Locke) e democrática (Jean-Jacques rousseau)

Arthur Bezerra de Souza Junior, Ronaldo Jarnyk

Resumo


Com o fm das estruturas de governo feudal, fragilizadas pela descentralização do poder, surgem os poderes absolutistas. Reis e rainhas eram detentores de todo o poder do Estado, agindo com rigor e sem critérios. Os pensadores contratualistas propõem o fm deste regime, com a adoção de um modelo de Estado Moderno, com uma organização tripartida (propostos por Rousseau e Locke), como contraponto a concentração excessiva de poder nas mãos de um só.

Palavras-chave


Política; Ciências políticas; Estado Moderno

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/ufd.v9e162018175-186

Direitos autorais 2018 Unisul de Fato e de Direito: revista jurídica da Universidade do Sul de Santa Catarina

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Unisul fato e dir. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2358-601X