SUSTENTABILIDADE: EVITANDO A PRODUÇÃO DO LIXO DOMÉSTICO E CONTRIBUINDO PARA O MEIO AMBIENTE

Leandro Pereira Rezende, Fabricia da Silva Almeida, Sara da Silva Chaves, Antonilda de Meira Pereira, Jussara Fonseca Figueiredo, Samea Cristina Santos Gomes

Resumo


O desenvolvimento sustentável é um olhar sobre as relações sociais, econômicas e ambientais que coloca em voga o que a humanidade pode utilizar dos recursos naturais, sem, no entanto, prejudicar o meio. Muito pelo contrário, é aliar o que o homem construiu ao longo de sua história em termos de conhecimento, ao que a natureza pode dispor sem ser degradada. Conciliar trabalho, produção e sustento do meio e do homem é o que podemos salientar como sustentabilidade. Esta pesquisa teve como objetivo possibilitar medidas educacionais de sustentabilidade para proteger e melhorar o meio ambiente aproveitando os resíduos orgânicos domésticos para a compostagem, ou seja, a produção do adubo orgânico bem como apresentar uma proposta ecológica através do uso de sacolas reutilizáveis em feiras e supermercados. O estudo foi realizado no povoado Aparecida do Mearim localizado a 40 km da cidade de Grajaú às margens do Rio Mearim, onde todos os moradores utilizam a agricultura como meio de subsistência, para tanto executamos o projeto como meio de diminuir os impactos causados pelo lixo as margens do rio Mearim e utilizar esse lixo para a produção do adubo que foi utilizado nas plantações da comunidade e também com os moradores do município de Grajaú – MA que são assíduos na feira municipal. O adubo produzido foi utilizado nas hortas caseiras e canteiros dos moradores, com base nos resultados percebemos que as hortaliças plantadas no adubo orgânico desenvolveram um melhor alongamento foliar do que aquelas plantadas diretamente no esterco proporcionando melhoria na qualidade do produto. Foram realizadas palestras sobre meio ambiente, poluição e degradação do meio e sustentabilidade. Ao longo dos encontros percebemos que o desconhecimento sobre a sustentabilidade e suas ações foi sendo substituída por ações sustentáveis e que estavam sendo reconhecidas pelos próprios participantes. Este estudo revelou que o adubo orgânico pode a vir substituir os fertilizantes industriais já que produz verduras e frutos de melhor qualidade sem o uso de produtos industrializados. As ações sustentáveis são simples, mas, ao mesmo tempo requerem das pessoas ações contrárias à que elas estão acostumadas a fazer, e talvez por força do hábito, a reeducação das ações demore mais tempo, mas não são impossíveis de serem realizadas. Além disso, informações e esclarecimentos sobre estas atitudes podem proporcionar uma propagação de tais ações pela população.

Palavras-chave


Sustentabilidade; Resíduos orgânicos; Adubo orgânico; Sacola Retornável.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v5e22016814-828

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.