O PAPEL DAS UNIVERSIDADES DE SANTA CATARINA E SUAS ESTRATÉGIAS DE ATUAÇÃO NA RIO +20

Rogério Santos da Costa, José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra, João Marcelo Pereira Ribeiro

Resumo


O presente estudo discute o papel da universidade na disseminação do conceito de desenvolvimento sustentável no Estado de Santa Catarina. O objetivo do artigo é analisar as estratégias de atuação de dois centros universitários do Estado de Santa Catarina na difusão dos resultados da Conferência Mundial para o Desenvolvimento Sustentável (RIO+20). A delimitação dos conceitos de desenvolvimento e sustentabilidade permitiu uma análise global do assunto, bem como a divulgação dos resultados da Rio+20 no Estado catarinense. As IES objeto de estudo foram a Universidade Federal de Santa Catarina e a Universidade do Estado de Santa Catarina, que apoiaram o Comitê Facilitador da Sociedade Civil Catarinense para a Rio+20 no levantamento e apresentação das demandas da sociedade catarinense para Rio+20. O estudo buscou delimitar as estratégias destas universidades na promoção do desenvolvimento sustentável pós Conferência Mundial para o Desenvolvimento Sustentável, no ano 2012, compreendendo as ações pertinentes aos projetos de cada universidade. Trata-se de uma pesquisa qualitativa de caráter exploratório com estudo de caso.

Palavras-chave


Desenvolvimento sustentável; Sustentabilidade; Estratégias; Universidades; Comitê Facilitador

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v3e22014247-272

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.