BARREIRAS AO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO AGRONEGÓCIO: A SITUAÇÃO DA LOGÍSTICA REVERSA DE EMBALAGENS DE PRODUTOS AGROTÓXICOS NO ESTADO DO CEARÁ, BRASIL

Denys Rochester Sousa da Frota, Vivianne Pereira Salas Roldan, Augusto Cézar de Aquino Cabral, Sandra Maria dos Santos, Maria Naiula Monteiro Pessoa

Resumo


O objetivo geral deste artigo foi investigar as principais barreiras para o desenvolvimento da logística reversa de embalagens de produtos agrotóxicos no Estado do Ceará. A abordagem de pesquisa utilizada foi a qualitativa, com uso das estratégias de pesquisa documental e de campo. A pesquisa de campo foi realizada por meio da aplicação de entrevista com 15 atores que trabalham em orgãos que lidam diretamente om dados agropecuários. Destaca-se como contribuições do estudo, a elaboração de um quadro de direcionadores estratégicos da cadeia reversa de embalagens de produtos agrotóxicos, com base nas dimensões de Leite (2012), utilizado para a análise dos dados coletados. Os resultados da pesquisa destacam que as barreiras à logística reversa de embalagens de produtos agrotóxicos no Estado do Ceará estão relacionadas a fatores legais, logísticos, econômicos, culturais e de legitimidade. A barreira legal consiste na falta de uma maior atuação do poder público quanto à fiscalização e apoio financeiro, logístico e educativo. Barreiras logísticas se referem à inexistência de centrais de coleta de embalagens e de apoio dos comerciantes. Não há uma tradição no Estado do Ceará quanto a boas práticas de descarte de embalagens de produtos agrotóxicos, sendo uma barreira cultural. Custos de adesão a um sistema de logística reversa e desinteresse dos consumidores quanto à origem dos produtos agrícolas são, respectivamente, barreiras econômicas e de legitimidade.

Palavras-chave


Logística reversa, embalagens, produtos agrotóxicos.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v4e2201568-104

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.