RETORNO FINANCEIRO GERADO POR PROJETOS COM SUBSTITUIÇÃO DE MATÉRIA PRIMA COMO ALTERNATIVA DE PRODUÇÃO MAIS LIMPA

MARCOS MOREIRA PINTO, CASSIANO TIAGO LUMI, SÉRGIO CAVAGNOLI GUTH, MARTA ELISETE VENTURA DA MOTTA, Maria Emília Camargo

Resumo


A gestão empresarial esta ligada a novas práticas ambientais, alterando a estrutura de produção repensando na responsabilidade social da organização, buscando a lucratividade,  atuando com ações para minimizar os malefícios que seus produtos podem causar a comunidade e a novas gerações. Algumas atividades produtivas ainda apresentam a cultura de processos antiquados, gerando resíduos que prejudicam o meio-ambiente, além de representarem custos. As estratégias devem estar relacionadas com o uso racional e sustentável dos recursos. Esta necessidade pode ser atendida com os conceitos que envolvem a “Produção mais Limpa”, influenciando o custo final dos produtos e conduzindo a preocupação da empresa para questões ambientais. Os objetivos deste trabalho é apresentar a alteração da mudança de matéria-prima, possibilitando a redução de sucatas metálicas na produção de duplicadores a álcool. Reavaliar o processo de produção, propondo a  substituição do alumínio para material plástico, verificando as vantagens ambientais, operacionais e de redução de custos. Analisar o investimento por meio dos métodos do valor presente líquido, da taxa interna do retorno e pelo payback descontado. O estudo realizou-se   em uma empresa localizada no planalto médio do Rio Grande do Sul. Os resultados apresentados garantem vantagens na substituição dos materiais da produção que geram mais de 2.800 kg de resíduos de alumínio, para zero por cento de resíduo. A avaliação econômica financeira apresenta a viabilidade. Portanto, os benefícios ambientais, econômicos e operacionais obtidos ratificam a importância destas práticas e a possibilidade de estender para outros produtos da empresa.


Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v4e22015386-412

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.