A SUSTENTABILIDADE DA ÁGUA EM PEQUENAS EMPRESAS: O DESAFIO DOS RESTAURANTES DE BLUMENAU, SC

Marialva Tomio, Carla Maria Schmidt

Resumo


Este artigo investigou como as pequenas empresas do segmento de restaurantes compreendem e agem em relação à sustentabilidade da água. O campo de estudo foi composto por 31 restaurantes localizados em Blumenau - Santa Catarina. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas aplicadas aos proprietários-dirigentes. Os resultados evidenciaram um cenário preocupante já que foram observadas poucas ações em relação à sustentabilidade da água. Exceto a preocupação com o gasto econômico deste recurso, não se percebeu nenhuma iniciativa em prol da conservação. A justificativa dos entrevistados, que não apresentam muita compreensão sobre sustentabilidade ambiental, ampara-se no fato do excesso de demandas financeiras que enfrentam para sobreviverem num mercado competitivo. Diante desse contexto, sugere-se um repensar das ações coletivas dos restaurantes em torno do uso de água, ressaltando que este recurso, no seu estado potável, é essencial à sobrevivência destas empresas, todavia é finito.


Palavras-chave


Sustentabilidade. Pequenas empresas. Água. Restaurantes.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v4e2201531-51

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.