ESTUDO DE QUESTÕES AMBIENTAIS NO RIO GRANDE DO SUL: ENFOQUE ESPECIAL AO RIO DOS SINOS

Angélica Gonçalves de Camargo, Jairo Afonso Henkes

Resumo


Este trabalho de pesquisa apresenta orientações referentes à conservação e a educação ambiental, visando proporcionar metodologias para enfrentamento dos problemas ambientais no Rio Grande do Sul, orientados por princípios e valores necessários para melhorar a qualidade da água, especificamente do Rio dos Sinos. Além desta abordagem, pretende-se aqui apresentar as questões ambientais da atualidade e a sua gestão, conhecendo a importância do tratamento do lixo, sua classificação, causas e consequências e ao final, a reciclagem como exemplo de cidadania, contribuindo para conscientização e melhoria quanto à decomposição e reaproveitamento dos resíduos, assim como para a conservação do meio ambiente. Objetiva-se explicar e fazer com que a população compreenda que a poluição pode ser considerada como um dos maiores males da sociedade, pois o que encontramos são: animais indefesos, o clima e recursos naturais sendo destruídos em virtude de interesses particulares, geralmente econômicos. A metodologia utilizada foi a de observação direta e pela coleta de depoimentos, além da pesquisa bibliográfica em documentos, livros e sites de órgãos fiscalizadores como FEPAM, IBAMA e secretarias públicas da região.  A natureza é um patrimônio de todos devendo ser respeitado acima de qualquer interesse econômico. Este estudo procura demonstrar que se pode mudar este cenário, contribuir com a preservação ambiental, reaproveitar, reutilizar, reciclar, repensar os hábitos de consumo e descarte reduzindo o consumo desnecessário dos materiais, salientando a importância de implementar a sustentabilidade no nosso dia-a-dia, de forma simples e com grandes resultados. 


Palavras-chave


Educação Ambiental. Sustentabilidade. Qualidade da água. Conscientização. Sustentabilidade Ambiental.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v4e22015568-587

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.